Saiba mais sobre a Selic e como ela influencia o valor de um imóvel

Você sabia que este momento de crise, por conta da pandemia que estamos atravessando, é ideal para comprar um imóvel? Isso mesmo! A queda da Selic, taxa básica de juros, e dos preços dos imóveis são alguns dos bons motivos.

Por isso, a dica é estar acompanhando este movimento de queda, que vem se mantendo desde o final de 2019, pois esta pode ser a grande oportunidade para você comprar o apartamento tão sonhado, pois com melhores condições de pagamento aquele imóvel que não estava no seu orçamento agora pode estar!

Outra boa notícia é que mesmo quem já contratou um empréstimo imobiliário com a taxa anterior, que era mais alta, pode renegociar o valor ou pedir a portabilidade para outro banco que traga ainda mais benefícios.

A Selic interfere nos juros de todas as operações, inclusive, dos financiamentos imobiliários e empréstimos em bancos privados. Com isso, ao baixar a Selic, os bancos acompanham diminuindo os juros, o que, sem dúvida, faz com que aumentem as vendas de imóveis.

Criada em 1979 pelo Banco Central e pela Associação Nacional das Instituições do Mercado Aberto (Andima), a Selic é a sigla para Sistema Especial de Liquidação e Custódia, no qual são negociados títulos públicos federais.

Todo mês, o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, decide sobre a redução ou aumento dessa taxa que está atrelada a algumas outras taxas, entre elas a da poupança, por isso, quando os juros estão muito elevados os bancos compram uma maior quantidade de títulos do governo. Já quando os juros estão mais baixos os bancos começam a liberar mais empréstimos aumentando a liquidez da economia reduzindo também as taxas para o mercado de imóveis.

A Selic regula, também, as taxas de cartão de crédito, crediário, financiamento, entre outras modalidades que dependem dessa média. Com isso, quando a taxa Selic diminui, ela impulsiona o consumo e aquece a economia.

Como já citamos na matéria anterior, o Copom cortou a taxa básica de juros, Selic, em 0,75%, reduzindo-a de 3% para 2,25% ao ano. Então, se você está poupando dinheiro para garantir uma entrada no imóvel dos seus sonhos, a oportunidade é agora!

Isso sem contar que investir no mercado imobiliário, sem dúvida, traz um retorno bem maior para o seu investimento. Como exemplo, podemos citar um dos mais recentes empreendimentos da Casamorada, o Itaparica ON.

Por estar localizado numa região já consolidada em desenvolvimento, o Itaparica On tem uma valorização imobiliária muito boa, além de uma maior rentabilidade quanto à locação, de 3% a 5% de retorno mínimo do investido, ou seja, está dando um retorno maior do que uma aplicação básica, como a poupança, por exemplo.

E lembre-se que toda vez que for decidir pela compra de um imóvel, se for envolver a renda familiar por um longo período, é fundamental se informar sobre a taxa Selic no momento de partir para o investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *