Setor imobiliário em 2021 será melhor ainda em número de vendas

Com as taxas de juros reduzidas e as várias opções de financiamento, analistas confirmam que tanto consumidores como empresas serão beneficiados e 2021 deverá ser o melhor ano de vendas do setor imobiliário.

De acordo com levantamento realizado pela Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (Ademi-DF) em 2020, além de se manter firme apesar da crise econômica causada pela pandemia do novo Coronavírus, o mercado imobiliário acelerou em número de vendas de imóveis.

Em outubro de 2020, conforme dados do levantamento, o Índice de Velocidade de Vendas (IVV) cresceu 46% em comparação ao mesmo mês do ano anterior. Foram acumulados 31 lançamentos, totalizando R$ 2,3 bilhões, e em relação ao valor total das vendas este chegou a R$ 1,7 bilhão, ambos registros superiores a 2019.

O economista e sócio-diretor da Brain Inteligência Estratégica, Fábio Tadeu Araújo, estima que 2021 será o melhor ano de vendas para o mercado imobiliário. Conforme observou ele, em 2020 houve crescimento de vendas tanto de imóveis novos quanto usados.

Especialistas consideram que a pandemia da Covid-19 influenciou positivamente o mercado imobiliário em 2020, pois o isolamento fez com que as pessoas passassem a buscar por espaços maiores nas residências.

A dica de Ovídio Maia, do Sindicato da Habitação do Distrito Federal (Secovi-DF) para quem pretende comprar um imóvel em 2021 é ter um bom planejamento financeiro.

Outras dicas de especialistas, no momento da aquisição de um imóvel, é pesquisar itens como tamanho, área de lazer, localização, segurança e valorização, entre outros, para se ter a certeza de estar realizando um excelente negócio!

Sempre buscando trazer o que há de melhor em imóveis, tanto para moradia como para obter rendimentos, a Casamorada Engenharia possui uma cartela de empreendimentos que, com certeza, permitirá que você encontre o imóvel ideal. Entre em contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *